O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou hoje (29) que o Twitter pague R$ 380 mil ao cantor e compositor Caetano Veloso, segundo Lauro Jardim. A decisão vem após o Twitter não apagar posts em que o deputado Marco Feliciano ofende Caetano Veloso.

A multa foi expedida pela juíza Thania Cardin, da 28ª Vara Cível do Tribunal, após descumprimento de uma ordem judicial pedindo para o Twitter apagar as publicações feitas por Marco Feliciano. No caso, Feliciano acusou Caetano de ser “pedófilo” — a acusação veio após a performance “La bête”, realizada no MAM-SP.

Cupons de desconto TecMundo: