A Casa Branca considera proibir os seus funcionários de usarem celulares pessoais durante o trabalho. Vale lembrar que o presidente dos Estados Unidos Donald Trump costuma culpar o uso de celulares pessoais na sede do governo por vazamentos de informações não autorizadas para a imprensa, o que poderia ser uma das razões do banimento.

Contudo, segundo oficiais da administração Trump, a medida seria uma questão de cibersegurança. Um oficial afirma que há muitos dispositivos ligados a conexões sem fio ao longo de toda a Casa Branca, e telefones pessoais não costumam ser tão seguros quanto aqueles desenvolvidos por equipes de inteligência para serem mais resistentes a invasões e interceptações.

Donald Trump"Ei, desligue esse celular!"

Quem estaria puxando o coro pela proibição do uso de telefones pessoais durante o horário de trabalho é o chefe da equipe da Casa Branca John Kelly. Kelly teve o próprio celular invadido por hacker no início deste ano, o que até certo ponto justifica a sua preocupação para que eventos deste tipo não se repitam.

Atualmente, a Casa Branca já mantém a política de proibir o acesso de telefones celulares em salas onde acontecem reuniões confidenciais, mas a ideia é expandir as limitações. Segundo os oficiais que falaram com o Bloomberg em condição de anonimato, o tema ainda não está definido, portanto não se sabe ao certo quando (nem se) ele será levado a cabo de fato, nem se seria estendido inclusive à equipe pessoal de Trump, por exemplo.

Cupons de desconto TecMundo: