Os bancos controlam o mundo e não têm medo de ninguém, certo? Bem, ao que parece, a Coreia do Norte já está preocupando uma boa parte deles. Segundo a Reuters, diversos bancos globais estão melhorando as ciberdefesas após Pyongyang deixar claro que busca desestabilizar redes financeiras — e, principalmente, as norte-americanas.

"Nós já sabemos que eles atacaram bancos da Coreia do Sul", confirmou Dmitri

Hackers — supostamente da Coreia do Norte — já roubaram milhões de dólares nos últimos três anos. Os alvos foram bancos em vários pontos do mundo sendo que, o mais afetado, foi o Bangladesh Bank, que perdeu US$ 81 milhões em 2016.

De acordo com Dmitri Alperovitch, CTO da CrowdStrike, os bancos estão preocupados que a Coreia do Norte comece a usar softwares maliciosos destrutivos, e não apenas roubem dinheiro. Isso porque, ao afetar uma rede de transações, o banco perderia mais dinheiro que um roubo. Dmitri comentou que a sua empresa de segurança está trabalhando em conjunto com equipes de diversas instituições financeiras, mas não comentou quais são.

"Nós já sabemos que eles atacaram bancos da Coreia do Sul", confirmou, apenas, o CTO da CrowdStrike.

Cupons de desconto TecMundo: