De acordo com o Mashable, os hackers que invadiram os sistemas da HBO no final do mês passado divulgaram na web todo o roteiro e outros materiais referentes ao último episódio de Game of Thrones, que deve ir ao ar pela emissora no próximo domingo (27/08). Contudo, os criminosos afirmaram que não publicariam o vídeo do capítulo final da temporada em si porque já venderam todo o material roubado da empresa para três clientes na deep web.

A empresa teria fingido estar disposta a negociar por mais de uma semana tentando ganhar tempo

“Nós vendemos toda a nossa coleção de dados da HBO (5 TB!) para três clientes na deep web e conseguimos metade do dinheiro pedido inicialmente à HBO. Nós pedimos uma condição para nossos respeitosos clientes, e eles aprovaram: vamos vazar muitas outras ondas de dados internos da HBO no futuro para puni-los pelo fato de terem brincado com a gente…”, teriam dito os hackers via email.

O grupo de hackers, autointitulado de “Mr. Smith”, pediu incialmente à HBO o equivalente a US$ 6,5 milhões em Bitcoin. A empresa teria fingido estar disposta a negociar por mais de uma semana tentando ganhar tempo para que sua equipe de segurança digital pudesse avaliar o que exatamente foi roubado dos servidores da empresa. No fim das contas, a emissora não quis pagar o “resgate” e acabou tendo vários roteiros e episódios de séries vazados. Curiosamente, os vazamentos de episódios de Game of Thrones que ocorreram durante essa temporada foram todos provenientes de outras fontes e não do grupo Mr. Smith.

Cupons de desconto TecMundo: