Um estudo realizado por pesquisadores russos revelou que é possível identificar homens que tenham doenças sexualmente transmissíveis pelo seu cheiro. De acordo com o site Daily Mail, a pesquisa apontou que o odor de homens infectados com gonorreia foi classificado como “podre” pelas mulheres.

"Nossa pesquisa revelou que essa doença infecciosa reduz os odores atrativos em seres humanos", comentou Mikhail Moshkin, professor do Instituto de Citologia e Genética, na Rússia. Os pesquisadores coletaram amostras de suor das axilas e cuspe de 34 homens russos com idades entre 17 e 25 anos. Nesse grupo estavam 13 homens com gonorreia, 16 saudáveis e 5 que tiveram a doença, mas foram tratados.

Então, 18 estudantes do sexo feminino, as quais possuíam a faixa etária de 17 a 20 anos, foram convidadas a cheirar as amostras. As jovens conseguiram identificar metades dos homens infectados. O estudo indica que, assim como em outros animais, os seres humanos podem usar o olfato para encontrar “parceiros” apropriados. "Pudemos concluir que o odor corporal desagradável de pessoas infectadas pode reduzir a probabilidade de uma relação perigosa", disse o pesquisador.

Cupons de desconto TecMundo: