Os executivos da Samsung podem até ter negado a existência do chamado Galaxy S5 Prime, mas é fato que eles não negaram que há uma série de produtos de luxo chamada de Linha-F sendo projetada. Espera-se que as novidades comecem com um aparelho de destaque com especificações de ponta, como uma tela Quad HD, um design mais “premium” e preços proporcionalmente elevados – além de ser fabricado em quantidades limitadas, é claro.

A limitação no montante de dispositivos luxuosos disponibilizados, no entanto, parece não ser uma decisão puramente comercial, já que a imprensa coreana alega que a Samsung simplesmente ainda não possui a capacidade de produzir displays Super AMOLED com resolução de 2560x1440 pixels em quantidade suficientemente grande para satisfazer as previsões de venda de um gadget mais “blockbuster”.

Além disso, esse tipo de visor custa muito mais para ser fabricado do que uma tela QHD baseada na tecnologia LCD – como a que se espera que a LG use no seu G3. Dessa forma, os problemas de produção e custo sobre o suposto display Quad HD Super AMOLED de 5,2 polegadas impediu seu uso no Galaxy S5, já que a Samsung espera que o seu atual top de linha venda dezenas de milhões de unidades.

Não, essa imagem não é do suposto aparelho de luxo

Armas à altura do desafio

Levando tais fatores em conta, especula-se que a Samsung decidiu guardar essa tecnologia para esse celular mais sofisticado, com lançamento previsto pela imprensa coreana para junho. A novidade certamente vai agradar aqueles fãs que gostariam de um design mais atrativo do que a carcaça de plástico do atual Galaxy S5.

Além disso, o novo aparelho da Samsung poderia entrar em uma competição ainda mais justa contra o LG G3, que é alvo de vários rumores indicando que ele virá também com uma tela Quad HD. E aí, tem algum palpite sobre quanto esse smartphone “de luxo” vai custar aqui no Brasil? Deixe sua opinião nos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: