Um dos principais erros dos rumores em relação ao S8 e ao S8+ foi o sensor de digitais embutido na tela dos flagships lançados pela Samsung em março deste. Ao que tudo indica, porém, a novidade pode nem aparecer no Galaxy Note 8, o terceiro aparelho de ponta a ser lançado pela companhia sul-coreana em 2017. A razão disso seria a dificuldade em fazer com que o recurso funcione sem prejudicar a experiência do usuário com a tela.

Uma informação surgida na rede social chinesa Weibo a partir de uma fonte interna na Samsung, a fabricante tem encontrado problemas com o brilho da tela na região em que o leitor de digitais se encontra. A parte onde se encontra o sensor biométrico seria visivelmente mais brilhante do que o restante do display.

Apple vai sair na frente?

Um dos principais rumores sobre o iPhone 8 é o abandono do botão Home físico, local onde atualmente se encontra o TouchID, o sensor biométrico da Apple. Com isso, o dispositivo traria exatamente um leitor de impressões digitais na tela, fazendo com que a Maçã saia na frente da rival sul-coreana.

Dadas as supostas complicações encontradas pela Samsung durante o desenvolvimento do recurso de leitura de digitais na tela, é pouco provável que ele seja incluído no Galaxy Note 8, dispositivo que deve ser apresentado ao mundo em agosto ou setembro deste ano. Assim, o primeiro dispositivo da Samsung a contar com a novidade deve ser mesmo o Galaxy S9.

Cupons de desconto TecMundo: