No começo deste ano, a Samsung apresentou novos aparelhos televisores de alto desempenho para os consumidores mais exigentes. Estamos falando de TVs com display QLED e também de um dispositivo chamado “The Frame” — um projeto bem interessante e que transforma os televisores comuns em grandes peças artísticas.

A Samsung já havia mostrado este aparelho também na CES, mas somente nesta sexta-feira (21 de abril) foi confirmado quando veremos o dispositivo no mercado internacional. Foi durante uma conferência na IFA GPC 2017 que Michael Zoller (vice-presidente e chefe de displays da Samsung-Europa) avisou: o “The Frame” chega ao mercado até o final de maio.

De acordo com ele, duas versões da televisão vão ser disponíbilizadas na Europa. A mais básica delas conta com display de 55 polegadas e vai ser vendida pelo preço sugerido de 2.199 euros (7.410 reais). Já o modelo de 65 polegadas ainda não teve o preço divulgado. Ambos são equipados com os principais recursos da nova linha “The Frame”.

Os recursos

Com design inspirado em quadros de arte, o televisor conta com molduras customizáveis e bem interessantes, que imitam as molduras de telas e outras obras artísticas — ainda não há qualquer dado sobre os preços dessas molduras adicionais. Há como instalar o aparelho nas paredes com o “zero-gap” e também usar pés comuns e um novo “Studio Stand” — também inspirado na produção de arte.

Além de exibir conteúdos televisivos, o The Frame pode exibir 100 peças de arte presentes em sua memória interna ou fotografias do próprio consumidor. Infelizmente, ainda não há qualquer informação de que poderemos ver os aparelhos no Brasil.