A Samsung planeja lançar no início de 2017 um novo programa voltado a trazer aos consumidores versões remanufaturadas de seus smartphones. Segundo a Reuters, a decisão tem o objetivo de permitir à companhia manter a situação favorável de sua divisão mobile, que voltou a lucrar após um período de estagnação.

A companhia também deseja maximizar sua eficiência de custo, o que permitira a ela manter suas margens de operação acima de 10%. O plano é consertar e revender aparelhos de alto desempenho devolvidos pelos consumidores que participam dos planos de upgrade automático após um ano oferecidos em países como os Estados Unidos e a Coreia do Sul.

Os produtos devem retornar às lojas com um custo menor do que o original

Os produtos devem retornar às lojas com um custo menor do que o original, o que ajudaria a fabricante a atrair uma parcela maior do público consumidor. Até o momento não está claro quais vão ser as mudanças feitas pela companhia nos antigos smartphones, mas tudo indica que eles devem ganhar novas baterias ou novos acabamentos.

A decisão também pode ajudar a Samsung a aumentar sua participação de mercado em locais como a Índia, país em que o preço médio de um aparelho celular ainda é de US$ 90 (R$ 288), valor muito distante dos US$ 800 ou mais cobrados por um produto de alto desempenho. No entanto, há o risco de que os aparelhos remanufaturados canibalizem a venda dos dispositivos intermediários da companhia caso o preço cobrado por eles seja muito semelhante.

Cupons de desconto TecMundo: