Na semana passada, a Samsung colocou o manual do Galaxy S6 em seu site, e não demorou muito até alguém perceber que o documento ensinava a “remover a bateria não removível” do smartphone. Naquela oportunidade, o processo parecia relativamente simples, mas, segundo constatou o pessoal do MyFixGuide, as coisas não são bem assim. Eles desmontaram completamente o novo top de linha da Samsung, e bateria não sai tão fácil.

Pelo que mostram as imagens presentes na galeria a seguir, é possível notar que há vários elementos que precisam ser removidos antes da célula de energia ficar completamente exposta. Depois de aquecer a tampa traseira por cerca de três minutos, ela pode ser retirada, e algumas partes do dispositivo já ficam à mostra.

Em seguida, uma película de plástico precisa ser removida. Com isso, o transmissor NFC fica acessível e também precisa sair do caminho para dar acesso à bateria. Depois desse componente, é a vez da própria placa-mãe ser desparafusada e retirada. Só então, a bateria pode ser desplugada e retirada.

Na verdade, esses procedimentos são os mesmos mostrados no manual da Samsung, mas ninguém imaginava que a “placa de circuitos” da qual a marca fala fosse de fato a placa-mãe, que fica muito bem presa e conectada a todos os outros componentes.

De qualquer maneira, é possível perceber que a coreana fez um ótimo trabalho espremendo todos esses componentes dentro de um smartphone tão fino. Uma das imagens mostra inclusive uma foto de perto do processador Exynos 7420. Confira.

Cupons de desconto TecMundo: