Recentemente, o Project Zero da Google — iniciativa voltada a trazer mais segurança ao Android — voltou seus estudos ao Galaxy S6 Edge. Publicado esta semana, o resultado das análises realizadas mostra que o dispositivo da Samsung possui pelo menos 11 brechas de segurança que podem trazer riscos graves à segurança dos consumidores.

Entre os pontos mais problemáticos está o cliente de emails proprietário da fabricante sul-coreana e o app de galeria, que trazem riscos além daqueles já encontrados no próprio Android. Em outras palavras, as soluções da companhia não somente estão trazendo conflitos de interface, como expõem os consumidores a mais riscos de invasões.

O lado positivo da investigação é que a maior falha de segurança descoberta foi corrida menos de 90 dias após a Samsung ser notificada sobre ela — das três que ainda estão ativas, uma vai receber um patch de correção em novembro. Para chegar ao relatório final, a Google dedicou 10 de seus analistas de segurança à inspeção do smartphone top de linha.

Ecossistema em risco

O Galaxy S6 Edge serve somente como um entre vários exemplos de aparelhos Android que possuem alguma falha de segurança grave. A maneira como a Google distribui o sistema é o maior responsável por isso, visto que a falta de controle sobre o software final usado em cada aparelho traz como consequência a impossibilidade de fechar todas as brechas de segurança possíveis.

O estado cada vez mais competitivo do mercado também traz consequências graves à segurança dos consumidores. Como muitas empresas têm que cortar custos para que seus aparelhos se provem competitivos, muito do esforço que poderia ser desprendido em correções de bugs acaba não sendo feito por questões econômicas.

A situação fez com que a Google se unisse a fabricantes como LG e Samsung para criar uma iniciativa que se compromete a lançar atualizações de segurança mensais para o Android. Caso ela tenha a cooperação necessária de operadores de telefonia, a atitude pode trazer grandes impactos positivos à segurança do sistema operacional como um todo.

Você já teve problemas com a segurança do Android? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: