Instagram implementa ferramenta antibullying em sua plataforma

1 min de leitura
Imagem de: Instagram implementa ferramenta antibullying em sua plataforma
Avatar do autor

Instagram disponibilizou na última quarta -feira (02) uma ferramenta que permite a ocultação de usuários desagradáveis. Como uma espécie de filtro, o recurso restringe o contato entre seguidores além de ocultar comentários sem que o indivíduo seja bloqueado ou sequer saiba da ação.

Chamado “Restringir”, o recurso que integra a campanha do Mês Nacional de Prevenção do Bullying nos Estados Unidos, faz parte de uma série de medidas desenvolvidas pela rede social com o objetivo de prevenir cyberbullying. “Continuaremos a desenvolver esse compromisso a longo prazo”, garante o chefe do Instagram, Adam Mosseri.

A pessoa pode restringir o contato com o usuário deslizando o comentário inadequado para esquerda, indo diretamente no perfil do agressor ou acessando a aba “privacidade” nas configurações do aplicativo. Além dos comentários ficarem ocultos para todos, menos para quem está restrito com o modo antibullying, as mensagens diretas enviadas no chat irão automaticamente para “caixa de solicitação de mensagem”. As notificações do ocultado também não aparecerão mais, assim como suas publicações na timeline.

A ferramenta ainda não está disponível para todos os usuários, mas aos poucos um número maior de pessoas poderá fazer uso desse recurso e restringir conhecidos inconvenientes, sem que isso se torne um problema posteriormente.

O recurso foi pensado justamente para evitar confronto direto entre os usuários, barrando pessoas que podem se tornar ainda mais incômodas caso saibam do bloqueio.

Filtro de comentário de bullying (Fonte: Instagram Press/Reprodução)
Filtro de comentário de bullying (Fonte: Instagram Press/Reprodução)

Medidas anteriores

No ano passado, o aplicativo também incentivou a campanha de Prevenção do Bullying nos Estados Unidos, implementando recursos antibullying. Através da análise de comentários, a rede social tentou proporcionar uma experiência mais saudável para os usuários, na esperança de evitar casos como o da jovem Molly Russel, que, após sofrer bullying através da plataforma, cometeu suicídio.

No recurso, assim que o Instagram identificava a tentativa de publicação de um comentário inapropriado, utilizando cruzamento de dados, o agressor recebia a pergunta “Você tem certeza? ”, acompanhado de um link explicando sobre o porquê dessa mensagem surgir. A ação buscava prevenir ataques e promover reflexão entre potenciais agressores.

O aplicativo introduziu também restrições contra publicações que possuíam conteúdos envolvendo o universo estético, como cirurgias plásticas e produtos para dietas. Além de ocultar o número de curtidas em fotos e vídeos para seguidores, ficando visível apenas para publicações próprias.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Instagram implementa ferramenta antibullying em sua plataforma