Nesta terça-feira, o CEO do FacebookMark Zuckerberg participou de uma audiência no congresso norte-americano para tentar explicar a situação do vazamento de dados de 87 milhões de usuários no caso da Cambridge Analytica. Em uma das perguntas que respondeu, Zuckerberg garantiu que o Facebook não usa o microfone dos smartphones e notebooks de seus usuários para espionagem ou coleta de dados.

A pergunta feita pelo Senador Gary Peters (conforme transcrita pelo Verge) foi a seguinte: "Sim ou não, o Facebook usa o áudio obtido pelos dispositivos móveis para enriquecer a coleta de informações pessoais de seus usuários?" 

Zuckerberg respondeu: "Senador, deixe eu ser claro quanto isso, você está falando sobre uma teoria de conspiração que passou e que nós ouvimos, falando que usávamos os microfones para coletar e que usávamos isso para anúncios. Sendo claro, nós permitimos que as pessoas gravem videos em seus dispositivos e compartilhem e esses vídeos tem áudios.", explicando (e repetindo) por que é necessário o acesso ao microfone nas permissões dos celulares.

Em resumo: Zuckerberg deixou claro para todos que o Facebook não usa os microfones para coletar dados e direcionar propagandas ou espionar usuários.

Cupons de desconto TecMundo: