Se você achou que estava demorando para o Snapchat começar a veicular propagandas entre as histórias enviadas pelos seus amigos, prepare-se, pois chegou a hora. Assim como já acontece nos canais oficiais encontrados na plataforma, sempre que você der aquela olhada no que os seus conhecidos adicionados produziram, você verá algum comercial no formato de vídeo ou imagem na vertical.

Apesar dos responsáveis pela plataforma não terem dado muitos detalhes sobre a frequência com a qual esses anúncios vão aparecer, sabe-se que eles poderão ser pulados, assim como acontece com as propagadas do YouTube e que eles não vão interromper as transmissões de seus amigos: vão surgir apenas entre as histórias completas.

Criatividade é a chave

Empresas como a Hollister, a P&G, a Verizon e a Warner Bros. já confirmaram que devem se utilizar dessa nova forma de propaganda nos Estados Unidos. Ainda não se sabe quais marcas podem aparecer em propagandas brasileiras nesse aplicativo, mas a ideia é focar na produção de vídeos criativos e até interativos, como já aconteceu na versão norte-americana da plataforma, que permitiu que usuários utilizassem filtros inspirados nos personagens do filme “X-Men: Apocalipse”.

O Snapchat está cauteloso quanto à quantidade de propagandas pode veicular para cada usuário sem irritar os mesmos

Apesar da ação marqueteira, o Snapchat está cauteloso quanto à quantidade de propagandas pode veicular para cada usuário sem irritar os mesmos. Com cerca de 150 milhões de usuários diários, a plataforma pode ser uma mina de ouro com a transmissão de comerciais. Peter Sellis, chefe de monetização do aplicativo, afirmou: “Ao fazer isso dessa maneira, com o foco na criatividade, podemos ser extraordinariamente conservadores”.

Cupons de desconto TecMundo: