(Fonte da imagem: Reprodução/Maxisite)

A Copa do Mundo de 2014 começa só em alguns meses, mas os jogadores da seleção italiana já sabem que virão ao Brasil proibidos de usar mídias sociais durante a competição.

“Novas regras serão aplicadas, e elas serão mais rigorosas. Estamos para proibir o uso de redes sociais pelos jogadores. A restrição será definitivamente aplicada nos locais de treinamento para a Copa do Mundo”, explicou Cesare Prandelli, técnico da seleção italiana, à RAI Sport.

(Fonte da imagem: Reprodução/Twitter)

Problema maior

Apesar de não haver confirmação, tudo indica que essa proibição pode ter alguma relação com o conflito recente envolvendo o Milan, o atacante italiano Mario Balotelli e o jornal Gazzetta dello Sport.

Na ocasião, o esportista usou a rede social para se defender de uma acusação do jornal, que escreveu que ele deveria se ver como um exemplo na luta contra a máfia, e não treinar com um clube que possui ligações com ela.

Em resposta, Balotelli disse que isso “era o que o jornal estava dizendo”, e que ele estava indo ao treino porque “futebol é muito bom, e todos devem jogá-lo onde quiser”.

Com essa mensagem, Balotelli levou Rosaria Capacchione, uma das líderes da campanha antimáfia, a chamá-lo de “imbecil”. Já o presidente da Federação Italiana de Futebol, Giancarlo Abete, elogiou a ação do esportista de sempre se colocar “no olho do furacão”.

Cupons de desconto TecMundo: