Embora a realidade virtual já esteja bem desenvolvida e se espalhe por todos os ramos do mercado, parecia que o setor da educação ainda não tinha um bom representante para atrair a molecada para a ciência utilizando esse tipo de tecnologia. Agora, esse cenário pode mudar um pouco. Isso porque a MEL Science acaba de liberar um aplicativo VR que tem como principal objetivo ensinar sobe a química e os elementos de um jeito divertido e muito imersivo.

Com o nome de MEL Chemistry VR, o app trabalha com experimentos e aulas em um ambiente 100% digital e seguro, dando mais liberdade para que as crianças possam explorar cenários atômicos, conferir a composição de objetos comuns do dia a dia e aprender como teorias químicas funcionam na prática. É possível ter um gostinho do potencial do software com o vídeo de divulgação abaixo:

Todo o material incluído no programa é baseado no currículo K-12, que define padrões primários e secundários de educação em diversos países ao redor do globo – dos EUA e Canadá a Índia e Coreia do Sul. A ideia é que o produto chegue às lojas mobile até o final deste ano e traga cerca de 50 exercícios únicos. Para 2018, esse número deve subir para 150.

Segundo a MEL Science, uma versão do aplicativo feita especialmente para os educadores também está programada para ter lançamento em breve, embora não se saiba exatamente o que ela vai ter de diferente da edição tradicional. O MEL Chemistry VR tem compatibilidade com dispositivos como Google Cardboard, Google Daydream e Samsung Gear VR e já possui uma Demo com seis aulas gratuitas.