A Valve acaba de finalizar o Steam Dev Days, em Seattle, nos EUA, mas uma notícia que a empresa deu no evento deixou alguns desenvolvedores e entusiastas um tanto decepcionados.

O SteamVR, interface de realidade virtual do Steam para o Oculus Rift, não terá hardware próprio da Valve lançado comercialmente, já que a companhia apoia e tem uma parceria com a fabricante do acessório. A informação contrariou rumores e expectativas sobre o assunto que corriam até agora.

Com isso, o sistema da empresa ficará apenas como uma interface paralela e, comercialmente, games do Steam terão o Oculus Rift como principal dispositivo para realidade virtual. A novidade pode não ser tão impactante se formos analisar o histórico das duas companhias, já que desde as fases iniciais do desenvolvimento do Oculus Rift a Valve já ajudava o criador a demonstrar o aparelho, que chegou a ser confundido como uma iniciativa da criadora do Steam.

Ao contrário do que se via na interface tradicional do Oculus Rift, há relatos de que esse sistema seria “menos agressivo” para pessoas que não conseguem jogar com o Oculus Rift por conta do enjoo.

Um dos que tiveram essa constatação foi o desenvolvedor da Valve Gary Newman, um dos grandes nomes por trás de títulos como Half Life 2 e Team Fortress 2. Para ele, o enjoo é praticamente instantâneo ao jogar com o Oculus Rift. Ao experimentar a solução própria da Valve, entretanto, ele disse ao Slashgear estar surpreso por conseguir jogar por 20 minutos sem qualquer problema de tonturas no ou estômago.

Confira a demonstração do SteamVR no Oculus Rift no vídeo.

Cupons de desconto TecMundo: