Publicamos hoje mais cedo aqui no TecMundo uma notícia com detalhes do software identificado nos aparelhos Samsung Galaxy S4 que pode melhorar os resultados dos benchmarks – nome dado aos testes de desempenho realizados para verificar o grau de performance dos gadgets.

A Samsung respondeu prontamente às acusações realizadas em nota oficial em seu site, frisando que não está mascarando quaisquer dados que possam ser apresentados no modelo de smartphone. A questão apontada é que em determinados momentos a velocidade de 533 MHz realmente pode ocorrer, porém o aparelho diminui essa quantidade para 480 MHz em certos aplicativos, como jogos, para impedir emissões fortes de calor no celular que prejudicam a durabilidade do dispositivo.

Mais e mais testes

Em testes realizados pela AnandTech, apps como o S-Browser, a Câmera, a Galeria e o Video Player foram avaliados. Dos quatro, somente a câmera utilizou os 533 MHz oferecidos pelo smartphone – e somente em determinados momentos de atividade pesada. Os outros apps utilizaram uma velocidade muito menor, de 266 MHz.

Por enquanto, os softwares específicos de benchmarks são os únicos que, aparentemente, realmente fazem com que o GPU pule para 533 MHz e fique lá sem oscilar – enquanto os jogos rodam com 480 MHz. De modo geral, é razoável que o sistema baixe a velocidade do GPU para poupar o hardware do calor gerado na operação e aumentar o tempo útil do smartphone. Entretanto, o problema aparente para muitos especialistas são os softwares que aumentam a velocidade para 533 MHz com o único objetivo de mostrar melhores resultados – quando, na realidade, tais velocidades são raramente atingidas.

Cupons de desconto TecMundo: