Google investe em fabricação própria de chips para ter dual-SIM no Pixel 4

1 min de leitura
Imagem de: Google investe em fabricação própria de chips para ter dual-SIM no Pixel 4
Avatar do autor

O uso de dual-SIM “dual-standby”, em que você conta com duas linhas em um mesmo aparelho, pode ser muito útil para quem precisa viajar e por muito tempo só funcionou “pela metade” — era preciso escolher um número principal para receber chamadas, enviar mensagens de texto, navegar, entre outras coisas; enquanto o outro só oferecia as mesmas funções quando ativado.

Esse dual-SIM já vem nos iPhones da fornada mais recente e agora a Google estaria de olho nisso para os Pixel 4 — os Pixel 1, 2 e 3 contam com slot para SIM padrão e outro para eSIM. De acordo com a Reuters, a companhia de Mountain View tem investido pesado para oferecer esse recurso em seus próximos aparelhos.

Em Bengaluru, na Índia, a Google montou a equipe “gChips” com pelo menos 16 veteranos de engenharia e 4 recrutadores de talentos de fabricantes de chips tradicionais, como Intel, Qualcomm, Broadcom e NVIDIA — tudo isso flagrado em análise dos perfis do LinkedIn.

Google ampliando participação no mercado de semicondutores

Muito mais do que um item extra nos vindouros Pixel 4, essa jogada tem um significado extra para a indústria e para o próprio portfólio da companhia no setor de semicondutores. Desde 2014, a Google vem aumentando sua participação nesse mercado, projetando chips para servidores de seus data centers e para o processamento de imagem de seus smartphones.

A ideia é criar dispositivos mais poderosos e eficientes, personalizando componentes-chave que tradicionalmente vêm de empresas como a Intel — e claro, baratear os custos gastos com essas peças. Afinal, a Gigante de Mountain View pode usar seus “gChips” em várias frentes, já que seu catálogo também conta com alto-falantes inteligentes, roteadores e aparelhos de segurança doméstica.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Google investe em fabricação própria de chips para ter dual-SIM no Pixel 4