Google realiza hoje (9) seu grande evento para anúncio de novos produtos e um dos gadgets confirmados foi o Home Hub, que basicamente é um alto-falante com Google Assistente e uma tela sensível ao toque de 7 polegadas, que serve também como uma central doméstica para conectar todos os aparelhos do ecossistema da companhia de Mountain View. Esse hardware vem para competir com o Amazon Echo Show.

Gadget conta com mais 200 mil dispositivos compatíveis

O aparelho é uma combinação de um Google Home com um tablet, com o design com bordas arredondadas e visual clean, que vai de encontro com a identidade visual de toda a linha de produtos da companhia. Com o Home Hub você pode ver informações sobre o calendário, o YouTube, o Google Calendário, Google Maps, entre outras coisas.  Ele não vem com câmera, justamente para que você possa adaptá-lo a qualquer espaço — sem a restrição de onde ela possa captar imagens.

Em um exemplo, ao dizer “bom dia”, o Home Hub apresenta um combo de cards, com um resumo sobre o horário, clima, trânsito e agenda do dia. A companhia diz que redesenhou todo o software, para que a apresentação realmente valorize a nova plataforma. Um recurso chamado de Ambient EQ serve como sensor para que algoritmos encontrem o brilho certo do display, de acordo com o contexto — ou seja, à noite, antes de dormir, a luz agride menos sua visão.

Como central doméstica, o gadget pode controlar termostato, campainha, luz, reprodução de mídia e transmissão de conteúdo, câmeras (incluindo a da porta da casa), entre outras coisas. São mais de mil marcas e 200 mil dispositivos compatíveis, com possibilidade de controle remoto via Google Home App.

É um produto mais indicado para quem já vive em um ambiente mais próximo de uma casa inteligente completa — algo um pouco distante de nós, brasileiros. Como de praxe, a Gigante das Buscas não costuma detalhar outros detalhes técnicos de hardware, somente que ele tem conexões WiFi com bandas a 2.4 GHz e 5.0 GHz e Bluetooth. A pré-venda do Home Hub começa hoje, a US$ 149 (R$ 557,31 na conversão direta), com seis meses de YouTube Premium — sem previsão de chegada ao Brasil.

Cupons de desconto TecMundo: