Uma reportagem da Bloomberg apurou que representantes da Apple teriam buscado contato com empresas fabricantes de dispositivos para óculos de realidade aumentada na CES 2018. Outras companhias, como o Facebook e a Google, também teriam ido atrás desse mesmo tipo de material na mesma ocasião.

A Apple já comprou a Vrvana, uma empresa especializada em óculos de realidade aumentada e a companhia de rastreamento de olhos SensoMotoric Instruments

Apesar de não haver nenhuma outra informação concreta sobre o acontecimento, o contato indica que a Apple realmente está avançando no desenvolvimento doo Apple Glasses. Os rumores – alguns já um pouco antigos – dizem que o headset de realidade aumentada da Maçã pode chegar ao consumidor em 2020. Ele teria display dedicado, processador próprio e sistema operacional exclusivo, o rOS.

Siri na realidade aumentada

Ainda não estaria claro para a Apple como o usuário vai interagir com esses óculos, sua interface e aplicativos, mas tudo indica que teremos algumas partes com tecnologia touch e controle por meio da Siri, a assistente virtual da empresa.

O CEO da Apple Tim Cook, apesar de expressar repetidamente um profundo interesse pela realidade aumentada, disse recentemente que um headset desses ainda está alguns anos longe de ser lançado. Ainda assim, além desse contato registrado na CES, a Apple já comprou a Vrvana, uma empresa especializada em óculos de realidade aumentada e a companhia de rastreamento de olhos SensoMotoric Instruments.

Cupons de desconto TecMundo: