A Samsung apresentou um dos mais importantes componentes de seus próximos grandes lançamentos, o processador Exynos 9810. Apesar de não confirmado oficialmente, tudo indica que a peça será o coração dos topos de linha da empresa programados para 2018, ou seja, Galaxy S9 e Galaxy S9+.

Apesar de ser um processador de ponta, o novo Exynos levanta algumas questões em relação à evolução sobre os seus antecessores. Isso porque ele ainda é construído em um processo de 10 nanômetros, enquanto a grande expectativa em relação aos chips do S9 e do S9+ era de uma peça de 8 nm.

Independente disso, o componente traz a terceira geração de núcleos construídos pela Samsung, conta com uma GPU atualizada e um modem LTE com suporte para a tecnologia 6CA, algo inédito no mercado. Com isso, a Samsung garante que o novo chip oferecerá transmissão de dados a uma velocidade de até 1,2 Gbps, uma peça “pronta para a era 5G que vem por aí”.

A única dúvida agora é se, de fato, o Exynos 9810 apresentado agora pela Samsung será mesmo o processador dos Galaxy S9 e S9+. Vale lembrar que a sul-coreana deve antecipar a chegada dos dois smartphones para janeiro de 2018, ou seja, poderíamos sugerir até mesmo uma acelerada no processo de desenvolvimento dos gadgets. Entretanto, não é descartável a ideia de que a empresa lance em breve uma versão de 8 nm de seu novo processador.

Cupons de desconto TecMundo: