(Fonte da imagem: Reprodução/PC World)

Está insatisfeito com o simples processador quad-core do seu computador? Então que tal aumentar isso algumas vezes? Não, não estamos falando em quantias pequenas, como oito ou 16 núcleos; estamos falando de algo como o projeto feito por um grupo do MIT – um processador com nada menos que 110 núcleos.

A ideia, com essa quantia absurda de núcleos, é trocar o cache dos processadores por uma memória compartilhada. Com isso, a velocidade de transferência de dados recebe um aumento considerável: segundo o PC World, os pesquisadores conseguiram um aumento de 25% na performance da CPU, em comparação a outros chips.

Antes que você realmente comece a pensar em colocar um desses em seu PC para conseguir rodar qualquer game, vale dizer que ele não ajudaria muito nesse sentido. Isso porque, como dito por Mieszko Lis, uma das integrantes do grupo que desenvolveu o super chip, o processador de 110 núcleos foi feito para desempenhar tarefas gerais, e não acelerar o processamento gráfico. “Não é o tipo de coisa que você compraria de Natal”, disse ela.

Cupons de desconto TecMundo: