Dispensar? (Fonte da imagem: Reprodução/iStock)

De acordo com Michael Fertik, cofundador e CEO do site Reputation.com, o serviço deverá contar com uma função muito peculiar: permitir que os usuários compartilhem as suas informações e preferências pessoais com empresas em troca de descontos ou outros benefícios. Atualmente, o site conta com funções contrárias, no entanto: ajudar a encontrar e remover dados pessoais de diferentes empresas que os tenham comprado de terceiros.

Cofundador e CEO de um serviço similar ao de Fertik, Shane Green já anunciou anteriormente uma função similar em seu site Personal, porém acabou preferindo se focar no setor automobilístico, permitindo que você compartilhe dados com fabricantes de carros. Apesar disso, seguindo a mesma ideologia de Fertik, Green pretende lançar um serviço de venda de dados privados online, permitindo total controle sobre o que é compartilhado pelo usuário.

Embora nenhum dos serviços tenha data definida para lançamento, o professor da University of Pennsylvania’s Wharton School of Business, Peter Fader, já jogou água fria nas ideias. Especialista na análise de dados que ajudam no marketing, Fader diz que as propostas não devem chamar a atenção de consumidores, nem de empresas. Segundo ele, apenas os dados comportamentais são relevantes para os negócios, e muitas companhias já interagem suficientemente com seus clientes para ter as informações necessárias.

A ideia de vender a sua privacidade em troca de descontos parece interessante, ou você acha que é melhor se proteger, evitando compartilhar qualquer informação online?

Cupons de desconto TecMundo: