A atual crise protagonizada pelo conflito envolvendo a Ucrânia desencadeou um aumento no número de ataques a redes estatais na Rússia. O fato fez com que muita gente considerasse uma possível medida de limitação por parte do governo — algo que, entretanto, foi desmentido pelo presidente Vladmir Putin.

Durante reunião do seu Conselho de Segurança, Putin afirmou que limitar o acesso dos russos à internet acabaria por ferir os princípios do Estado democrático. “Não temos a intenção de limitar o acesso à internet, ou de colocá-la sob total controle e nem de nacionalizá-la”, disse o estadista, reforçando que nem sequer havia considerado medidas semelhantes.

Entretanto, ele reconheceu o aumento no número de ataques cibernéticos. "Precisamos melhorar muito a segurança das redes de comunicação domésticas e recursos de informação, primariamente aqueles usados por estruturas do Estado", afirmou — sem, entretanto, detalhar quaisquer medidas futuras.

Cupons de desconto TecMundo: