Para qualquer pessoa que ama assistir filmes e seriados, ter um media center, se não for realidade, é um objetivo. Os gadgets voltados para esse fim, conhecidos como media boxes, oferecem todos os vídeos que você possui em apenas um lugar, com poucos cliques de distância. Acontece que existe um, chamado Kodi Box, que está sendo usado como a ferramenta definitiva da pirataria — e está tirando o sono das autoridades na Europa.

Você encontra um media box por R$ 150 no Brasil

Isso porque o Kodi Box, capaz de se conectar ao PC, smartphone, tablet ou TV, pode ser carregado com aplicativos de terceiros. Ou seja: um dispositivo do tamanho de um pendrive pode rodar o Popcorn Time (filmes piratas via stream) ou qualquer outro app facilmente.

Como ele funciona? Basta plugar o Kodi Box para ter acesso aos conteúdos piratas que já se encontram na internet — e não estamos falando apenas de filmes e seriados, ele também roda canais pagos de TV.

Vale notar que o Kodi Box não é vendido no Brasil. Outros media boxes podem ser encontrados dentro de uma faixa entre R$ 150 e R$ 300.

Pendrive carregado com Kodi Box

A caça

O Reino Unido, por causa de leis estritas de direitos autorais, está realizando uma caça aos media boxes. A Federation Against Copyright Theft (Fact), por exemplo, declarou que os "Kodi boxes carregados" (ou seja, cheio de apps para reprodução de filmes piratas) são "prioridade máxima" atualmente.

Por baixo, o Kodi já movimentou R$ 1 milhão no Reino Unido

Como relata a BBC UK, as autoridades britânicas prenderam cinco homens nesta semana. De acordo com os oficiais, eles conseguiram levantar cerca de 250 mil libras (cerca de R$ 1 milhão) via vendas online e foram encontrados nas cidades de Bolton, Bootle, Cheadle, Manchester e Rhyl.

"Isso deve enviar um claro aviso para qualquer um envolvido na venda e distribuição de set-top boxes ilegais", comentou Kieron Sharp, diretor do Fact, sobre as prisões. "Os gadgets carregados com apps e add-ons que permitem acesso a material que infringe copyright são ilegais, e qualquer um envolvido com isso não deve ficar surpreso se receber algum policial batendo na porta".

Os cinco homens foram soltos após pagamento de fiança e multa. Por outro lado, os desenvolvedores do Kodi Box dizem que o software não possui conteúdo ilegal e foi desenvolvido apenas para reproduzir mídias adquiridas legalmente ou conteúdo gratuito.

Uma das interfaces de apps no Kodi

A questão é mais profunda

Encontrar vendedores de pendrives ilegais pode até ser fácil para as autoridades, mas o "problema" aqui é bem mais profundo.

Veja bem: não há nada de errado com o Kodi. Também não há nada que impeça a venda dele. O Kodi possui um software próprio, que roda sobre o Android, e teve a plataforma desenvolvida para rodar os filmes que você comprou, que você gravou com a sua câmera ou baixou legalmente. Neste ponto, o Reino Unido está com as mãos atadas.

O Kodi é uma bola de neve

Caso as autoridades consigam eliminar os vendedores de "pendrives carregados", vale lembrar que a comunidade é viva. Por exemplo, quantos vídeos no YouTube vão surgir (e já existem alguns) ensinando a modificar o software? O Kodi é uma bola de neve que as autoridades não vão conseguir parar.

Dongle Kodi com conexão HDMI

***

Esta notícia foi uma dica recebida pelo nosso leitor Gustavo Jungmann Vieira. Se você tem alguma dica, acesse esta página e faça o envio.