(Fonte da imagem: Divulgação/Gartner)

A nova geração de ultrabooks com processadores da Intel não foi suficiente para aumentar as vendas de PCs no último trimestre, segundo dados da Gartner e da IDC. Para os pesquisadores, a expectativa pelo lançamento do Windows 8 pode ter sido um dos fatores que fizeram com que os consumidores preferissem aguardar um pouco mais antes de comprar um novo computador.

Apesar disso, o número de PCs vendidos foi de 87,1 milhões, volume de vendas pouco abaixo do mesmo período do ano passado, quando foram registrados 87,2 milhões de peças entregues aos consumidores. Entre as principais fabricantes, apenas a HP e a Dell tiveram queda no número de aparelhos vendidos.

A líder de mercado permanece sendo a HP, com 13 milhões de unidades vendidas, mas apesar disso a companhia teve uma queda de 12,1%; a segunda posição é da Lenovo, com 12,8 milhões de PCs vendidos e aumento de 14,9% em volume de vendas; já a terceira posição é da Acer, com 9,4 milhões de computadores vendidos, o que representa um aumento de 3,6%.

A Dell, quarta colocada, teve uma queda de 11,5% nas vendas, mas atingiu a marca de 9,3 milhões de unidades comercializadas. Por fim, a quinta posição ficou com a ASUS, que, embora tenha vendido apenas 6,1 milhões de unidades, conseguiu um crescimento de 38,6% nas vendas.

Fonte: Gartner e IDC

Cupons de desconto TecMundo: