A conclusão da nova apresentação do Switch não poderia ser mais épica. The Legend of Zelda: Breath of the Wild ganhou data de lançamento: 3 de março, junto com o Switch. Sim, será o principal carro-chefe do novo console da Nintendo.

O trailer mostrou um novo gameplay com direito à presença de Link, Zelda e a revelação de que Ganon será, novamente, o vilão. A apresentação brilhou ao mostrar, em quantidade generosa, os aspectos que rodeavam em órbita a cabeça dos jogadores: sistema de combate, exploração e o uso de vozes – as quais, num primeiro momento, serviram apenas para narrar os acontecimentos e não necessariamente revelam que os personagens falem desta vez, apesar de a hipótese existir (a voz de Zelda é de uma menina nova, por exemplo).

Link tem capacidade de usar um parry decente, o que aproxima a experiência de um hack'n'slash mais denso na hora de descer o sarrafo, usa o arco e flecha com variações no poder dos disparos (flechas de luz, possivelmente) e parece ter boa cadência no uso da espada e do escudo, bem como a movimentação geral.

Visual mais do que convincente

O visual convence. Logo de cara, uma lagoa reluzente, que se resplandece ao horizonte do sol, e um Link cartunesco, porém imponente, maduro e espirituoso, aos moldes do herói visto em Ocarina of Time com um toque inocente da versão de Skyward Sword.

Texturas em montanhas, árvores e superfícies são um colírio aos olhos. Os inimigos também estão caprichados e, anatomicamente falando, ganharam detalhes que deram um ar mais adulto ao jogo. Enfim... São apenas alguns deslumbres. Ele está lindo.

E será lançado no dia 3 de março, junto com o Switch! Expectativas? Conte para nós aqui embaixo, nos comentários!

Cupons de desconto TecMundo: