Se você acompanha o TecMundo, deve ter visto uma matéria em que traçamos o provável futuro da Netflix, como empresa e como serviço de streaming. Nela, o aumento de mensalidades foi algo citado como certo. Agora, esse aumento já chegou aos usuários nos EUA — e isso pode se refletir por aqui no futuro.

No começo do ano, o serviço custava US$ 7,99 na terra do Tio Sam. Depois, o valor subiu para US$ 8,99 e agora foi marcado para ficar em US$ 9,99. Arredondando, o preço mensal do plano básico da Netflix está US$ 10 nos EUA — a conversão aproximada do valor fica em R$ 38.

No Brasil, o plano básico custa R$ 19,90, enquanto o mais caro sai por R$ 29,90. Seguindo a lógica de aumento, sem converter e utilizando a moeda local, o plano mais barato ficaria por R$ 20,90. Porém, fazendo a conversão, a mesma mensalidade sairia por cerca de R$ 23.

De acordo com a companhia, em declaração ao Mashable, o aumento vem para a plataforma "continuar adicionando mais filmes e programas, além de conteúdo original". A declaração deixa claro que a mudança vem para novos assinantes nos EUA, no Canadá e na América Latina. O preço atual dos planos vai continuar por 1 ano, depois, o aumento chega para toda a base de usuários.

Entramos em contato com a Netflix, e eles foram claros: "O aumento não se aplica ao Brasil". Então, por agora, essa mudança não vai afetar os nossos bolsos.

Até quanto você pagaria para usar o Netflix? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: