A ação da Netflix ultrapassou pela primeira vez nesta sexta-feira os 600 dólares durante a sessão, após a divulgação na imprensa de que o grupo poderá entrar no mercado chinês. De acordo com o The Wall Street Journal, a Netflix está negociando para entrar na China.

"Adoraríamos cooperar com o Netflix, dada sua influência mundial", declarou Xu Feng, vice-presidente da BesTV New Media, sociedade de Xangai, citado pelo jornal americano. "Mas somos conscientes dos obstáculos (que podem haver com uma aliança deste tipo), fundamentalmente relativos às restrições sobre os conteúdos estrangeiros na internet", acrescentou.

Segundo o jornal, a Netflix também negociou com a Wasu Media Holding, uma sociedade que conta entre seus acionistas com o presidente do Alibaba, Jack Ma.

A Netflix não confirmou esta informação. "Já dissemos que queremos ser mais o mais globalizado possível no final de 2016", ressaltou nesta sexta-feira o diretor de comunicação da empresa californiana, Jonathan Friedland. "Além disso, não comentamos rumores e especulações".

O grupo acaba de lançar seu serviço na Austrália e na Nova Zelândia, e pretende fazer o mesmo no Japão antes do final do ano.

Até as 16H00 GMT (13H00 de Brasília), a ação subiu 4,55%, a 613,48 dólares, o que representa uma capitalização de 37,19 bilhões de dólares. A ação teve aumento de aproximadamente 68% em um ano.

Nova York

Via EmResumo

Cupons de desconto TecMundo: