(Fonte da imagem: TechnoBuffalo)

A Google está promovendo cortes na Motorola Mobility – a divisão móvel da Motorola, adquirida pela gigante da internet por 12,5 bilhões – e já anunciou que mais dispensas virão em breve.O objetivo da empresa é preparar a Motorola para enfrentar os seus concorrentes com uma abordagem mais enxuta.

O projeto está custando aos cofres da empresa 340 milhões de dólares, devido ao pagamento de indenizações e outras taxas aos funcionários que estão sendo desligados. Por hora, as mudanças afetaram apenas os Estados Unidos, mas a empresa já afirmou que a reestruturação atingirá outras regiões geográficas fora dos EUA.

A Google deverá cortar um quinto da força de trabalho da Motorola em todo o mundo. Nos Estados Unidos, o estrago será maior: um terço dos trabalhadores será atingido. As outras regiões afetadas serão as cidades americanas de Chicago e Sunnyvale, além de Índia e China.

Mudança de estratégia

Além de enxugar o quadro de funcionários, está nos planos do Google reduzir a enorme e dispersa gama de dispositivos da Motorola, concentrando-se em uma quantidade mais seleta de hardwares. De acordo com o site de notícias Slash Gear, a estratégia cola no rastro da HTC, que está focando em poucos (e mais promissores) aparelhos, como o Hero. 

Fonte: Slash Gear

Cupons de desconto TecMundo: