A empresa de mobilidade e transporte por aplicativo 99 anunciou resultados da utilização de um sistema de inteligência artificial (IA) que melhora a segurança dos condutores e passageiros.

A tecnologia é da própria companhia e foi criada em 2017 para melhorar a segurança dos passageiros e motoristas. Neste ano, a ferramenta ganhou novas funcionalidades e padrões de comportamento mais refinados. A plataforma agora é capaz de "detectar chamadas perigosas e prever incidentes", reduzindo em 41% as situações de riscos somente em Curitiba no ano de 2018.

"A IA funciona através do monitoramento automático de todas as chamadas da plataforma. O algoritmo verifica padrões de comportamento de pessoas mal-intencionadas e bloqueia as chamadas de risco", diz a companhia em comunicado, explicando que o mesmo trabalho feito em tempo real pelo computador exigiria diversos especialistas em segurança analisando os dados ao mesmo tempo. O setor de segurança da 99 conta ainda com mais de 70 pessoas, incluindo ex-militares e até psicólogos.

Como funciona?

O sistema vasculha milhões de corridas e identifica padrões de comportamento associados a incidentes, como horário, modo de pagamento e histórico do usuário.

Além disso, ele monitora cada chamada e, caso encontre um resultado, realiza o bloqueio automático do pedido ou pede uma validação adicional de identidade ao usuário. A tecnologia ainda é aprimorada constantemente por meio de machine learning.