Enquanto a adoção dos veículos elétricos no Brasil começou a dar seus primeiros passos recentemente com a eletrificação de rodovias no Paraná e entre SP e RJ, no Reino Unido, o governo federal começou a criar um plano para massificar adoção dos elétricos. De acordo com a Bloomberg, muito em breve construtoras serão obrigadas as entregar novas unidades residenciais com carregadores já instalados nas garagens.

A ideia é eliminar o problema da falta de estrutura para carregamento de veículos movidos a eletricidade para que isso não seja mais um impedimento para o consumidor comprar carros e motocicletas com esse tipo de propulsão. Mesmo com o esforço de marcas como a Tesla em criar seus próprios postos de carregamento, os carros elétricos ainda estão longe de serem tão convenientes quanto os movidos à combustão, que podem ser abastecidos em praticamente qualquer esquina.

carro elétrico

Não temos detalhes sobre como poderia ser essa exigência para a instalação de carregadores em garagens novas, mas isso pode ser um grande avanço para pessoas que moram em condomínios, onde não é possível simplesmente instalar carregadores e usar a eletricidade comum do prédio. Nesses casos, os carregadores provavelmente terão seus próprios medidores.

Fora essa iniciativa, o governo britânico também vai estudar a implantação de carregadores para carros em vias públicas, acoplados a postes. Assim, usuários poderiam estacionar e carregar seus veículos nas ruas ao mesmo tempo. Por fim, também serão investidas £40 milhões (R$ 205 milhões) em pesquisa sobre carregamento de carros elétricos sem fio.