O governo havaiano finalmente aprovou a lei que proíbe que as pessoas atravessem as ruas da cidade de Honolulu enquanto mexem em seus celulares – e é isso mesmo, atravessando a pé mesmo. Caso algum transgressor seja pego, as multas começam no equivalente a R$ 110, mas podem chegar a até 320 em caso de reincidências contínuas.

Segundo o New York Times, o município deve ser o primeiro entre as grandes cidades a adotar a medida e os representantes locais estão bem animados com a ideia. “Isso é um marco legislativo para determinarmos um novo padrão para a segurança”, explica Brandon Elefante, um membro do conselho que participou da concepção da proposta de lei.

atravessando a rua

O motivo para que a legislação fosse criada não foi de graça: somente em 2016, as mortes por atropelamento cresceram em 10% em Honolulu e alcançou a marca de 6 mil incidentes – a maior desde 1990.

Outras cidades já tentaram adotar medidas similares, mas não foram bem-sucedidas já que, de acordo com especialistas em transporte, reforçar a aplicação da lei nesses casos é bem mais difícil na prática.