Os carros elétricos já estão entre nós e estão se tornando cada vez mais populares. A tecnologia – cada dia mais avançada – permite que novos motores mais potentes sejam desenvolvidos e o sonho de acabar com os combustíveis fósseis fique um pouquinho mais próximo da realidade.

Um dos maiores problemas dos veículos elétricos é sua autonomia, visto que os motores elétricos nem sempre aguentam tanto tempo fornecendo tanta potência para o carro e não é tão simples assim encontrar pontos de recarga no meio do caminho, caso a sua jornada seja longa. Portanto, a busca pelo aumento da duração da bateria dos automóveis é um objetivo desejado por muitas montadoras.

Um ônibus verde

Economia de quilômetros

Ultrapassando essas barreiras está o ônibus elétrico Catalyst E2 Max, da Proterra, que bateu um recorde na última terça-feira (19) e viajou nada menos que 1.772,2 quilômetros com uma bateria de 660 kWh, o equivalente a 11 Chevy Bolts. O mais impressionante é esse feito ter sido realizado por um ônibus, mesmo disputando contra outros veículos muito mais leves.

Além da longa duração da bateria, a Proterra também trabalha em um sistema de carregamento rápido para seus ônibus para diminuir o tempo inativo dos veículos

A proeza pode ajudar a convencer as autoridades de trânsito que é possível ter uma frota de veículos elétricos em uma cidade sem o risco de uma “pane seca” generalizada que poderia causar caos no trânsito de uma cidade, coisa que é mais fácil de evitar com a autonomia prolongada de carros com motor à combustão.

Além da longa duração da bateria, a Proterra também trabalha em um sistema de carregamento rápido para seus ônibus para diminuir o tempo inativo dos veículos quando precisam ser reenergizados. Esse projeto é compartilhado pela empresa com outras companhias interessadas em desenvolver sistemas desse tipo para seus veículos elétricos.