A Volkswagen promoveu um evento focado na mobilidade do futuro na Alemanha e, entre algumas das ideias apresentadas, um detalhe não passou despercebido. O Gen.E, um conceito do tamanho de um Golf, criou as expectativas de que a marca alemã talvez estivesse preparando um novo carro – mas parece não ser o caso.

Apesar do design marcante, a empresa jura que o veículo, que apareceu em diversas fotos oficiais do evento, só foi criado como uma plataforma de testes para as tecnologias de recarga da marca e não se trata de um modelo futuro. É o que eles chamam de “veículo de pesquisa”.

A ideia é que o carro seja usado puramente para ajudar no desenvolvimento de tecnologias de engenharia, sendo uma delas os robôs de recarga móvel da Volkswagen. Eles funcionam como plataformas móveis criadas para funcionar em estacionamentos fechados. No caso das demonstrações feitas, os robôs vão até o Gen.E para fazer a recarga, que pode entregar energia necessária para carros com autonomia superior a 400 quilômetros.

Ainda assim, mesmo se tratando de um não-carro-conceito, a Volkswagen diz que o Gen.E conta com uma arquitetura leve e segura, com um desenho de hatchback de duas portas muito similar ao de um Golf, especialmente o conjunto de LEDs diurnos em formato de C que são lembram os que aparecem na nova versão elétrica do modelo,o e-Golf.

É claro que criar um carro do zero apenas para demonstrar o funcionamento de uma nova tecnologia pode parecer suspeito demais, mas o que pode acontecer é que o Gen.E pode servir para indicar uma nova identidade visual para os carros da marca no futuro.