(Fonte da imagem: Reprodução/NCSoft)

No MMORPG Lineage (o primeiro, já desativado nos EUA, mas muito popular na Coreia do Sul), você pode "encantar" armas para aprimorá-las magicamente. Se você fizer isso várias vezes ou realizar um encantamento muito exagerado, entretanto, o objeto corre o risco de quebrar e ser perdido para sempre.

Essa explicação é necessária para entender o que aconteceu com uma sul-coreana de 64 anos: ela, jogadora frequente do game, tentou encantar a raríssima Jin Myung Hwang`s Conduct Sword e falhou, destruindo uma arma que vale até R$ 61 mil em negociações envolvendo dinheiro de verdade.

Em vez de aceitar o golpe de azar e seguir em frente, a jogadora resolveu processar a NCSoft, desenvolvedora do game, afirmando que o encantamento foi um erro do game e que, na verdade, ela queria modificar outro item da mochila.

(Fonte da imagem: Reprodução/NCSoft)

A empresa recusou-se a devolver a espada – e a corte responsável afirmou que não é de responsabilidade da NCSoft devolver itens perdidos dessa maneira. A história ficou mais estranha quando a desenvolvedora vasculhou o histórico da senhora em busca do erro: lá, descobriu-se que ela tentou encantar diversos objetos depois da perda da arma, colocando em dúvida o "acidente" descrito.

Cupons de desconto TecMundo: