Pesquisadores do departamento de Ciências Neurais e Cognitivas do MIT criaram uma maneira simples e portátil de capturar imagens microscópicas que antes só poderiam ser obtidas em laboratórios, com equipamentos enormes e caros. O invento pode beneficiar profissionais de biometria, medicina e de ciência forense.

Para funcionar, o equipamento usa um material conhecido como GelSight, uma espécie de gelatina sensível o suficiente para capturar o relevo da impressão em uma cédula de 20 dólares. Com esse gel, é possível capturar a imagem de estruturas que medem menos de 1 micrômetro de profundidade e possuem pelo menos 2 micrômetros de largura.

Ao juntar o GelSight com uma câmera e algoritmos de processamento de imagens, é possível gerar imagens 3D da superfície registrada pelo gel. O GelSight nasceu de um projeto do MIT com o objetivo de revestir robôs com uma "pele" capaz de funcionar como sensor tátil.

Assista ao vídeo incorporado nesta notícia para conferir os detalhes das imagens impressionantes que o dispositivo é capaz de gerar.

Cupons de desconto TecMundo: