Masters of the Air: continuação de Band of Brothers ganha primeiro trailer; confira

Imagem de: Masters of the Air: continuação de Band of Brothers ganha primeiro trailer; confira
Imagem: Apple TV

Duas décadas após o sucesso estrondoso de Band of Brothers, a Apple TV+ acaba de lançar o primeiro trailer da sequência, Masters of the Air. A série, composta por nove partes, é baseada no livro de 2007 Masters of the Air: America's Bomber Boys Who Fought the Air War Against Nazi Germany, de Donald L. Miller, e promete levar os fãs a uma nova jornada emocionante pela história da Segunda Guerra Mundial.

A sinopse oficial da Apple TV+ descreve a produção como uma crônica da vida dos aviadores do 100th Bomb Group, uma irmandade forjada pela coragem, perda e triunfo durante a guerra.

Ela é estrelada por Austin Butler, conhecido por seu papel em Elvis, e conta com a participação de Barry Keoghan (O Sacrifício do Cervo Sagrado), Callum Turner (Guerra & Paz), Anthony Boyle (Tolkien), Josiah Cross (A Thousand and One) e Ncuti Gatwa (Sex Education). Confira o trailer a seguir:

Nomes de peso

Os produtores executivos da série são nomes de peso: Gary Goetzman, Tom Hanks e Steven Spielberg. Hanks e Spielberg, que co-criaram a minissérie original Band of Brothers, e Goetzman, que co-produziu, trazem sua expertise e visão artística para esta nova empreitada.

O trailer, compartilhado pela Apple TV no X e YouTube, gerou grande entusiasmo entre os fãs da minissérie original. Com a promessa de uma experiência cinematográfica imersiva e emocionante, Masters of the Air já está sendo aclamada como uma das melhores produções sobre a guerra.

A série, que estreia na Apple TV+ em 26 de janeiro de 2024, é mais do que uma simples continuação de Band of Brothers. Ela representa um mergulho profundo na experiência dos aviadores americanos durante a Segunda Guerra Mundial, explorando não apenas os aspectos bélicos, mas também o impacto humano e emocional do conflito.

Fontes

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.