Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania tem pior queda de bilheteria do MCU

Imagem de: Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania tem pior queda de bilheteria do MCU
Imagem: Marvel/Divulgação

Em seu segundo final de semana de exibição, Homem-Formiga e Vespa: Quantumania, bateu um recorde negativo para a história da Marvel. A bilheteria do longa caiu em 69,7% em comparação com a arrecadação do final de semana de estreia, tornando-se a maior queda da história do estúdio.

Embora ainda lidere as bilheterias americanas com US$ 32,2 milhões, a comparação com os US$ 104 milhões arrecadados nos primeiros dias de lançamento, acende um sinal de alerta no começo da quinta fase do MCU nos cinemas.

Os filmes do pequeno herói já são conhecidos por terem as menores arrecadações da Marvel. Homem-Formiga (2015), chegou a US$ 519,3 milhões na bilheteria mundial. Já Homem-Formiga e a Vespa (2018) angariou um pouco mais, com US$ 622,7 milhões no total.

Porém, uma queda brusca como essa não era comum dentre os filmes da trilogia. Então, qual a explicação para tamanha decadência?

Homem-formiga e o novo vilão da Marvel: Kang! (Fonte: Marvel/Divulgação)Homem-formiga e o novo vilão da Marvel: Kang! (Fonte: Marvel/Divulgação)

Repercussão de Homem-Formiga 3

Desde que as primeiras críticas do filme começaram a sair, já notava-se que ele não agradaria a todos. No Rotten Tomatoes, a aprovação da crítica especializada encontra-se em apenas 48%.

O filme que leva Scott Lang e sua família para o Reino Quântico e introduz o vilão Kang, está sendo apontado como apenas mais um filme genérico do MCU, que não traz inovações nem tem um propósito claro. Alguns dizem que somente as duas cenas pós-créditos têm algum valor de fato.

Vale lembrar que ano passado Thor: Amor e Trovão e Doutor Estranho no Multiverso da Loucura já haviam apresentado baixas significativas, de 68% e 67% respectivamente, em seu segundo fim de semana de arrecadação.

Aparentemente, o interesse por filmes de super-herói vem caindo. Os lançamentos em demasia de séries e filmes acabaram saturando o formato, e isto é algo que Kevin Feige, presidente da Marvel Studios, já notou e está trabalhando para melhorar a situação.

Recentemente, o estúdio anunciou o adiamento de The Marvels. O filme, que estava previsto para julho de 2023, foi adiado para 10 de novembro deste ano.

(Fonte: Marvel/Divulgação)(Fonte: Marvel/Divulgação)

Ainda, há algumas semanas, Feige anunciou que os seriados do MCU serão lançados com um intervalo maior entre si.

Resta saber se essas medidas serão suficientes para reacender o interesse da audiência nos projetos do Universo Cinematográfico da Marvel.

E aí, o que você espera do futuro da Marvel nos cinemas e na TV?

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.