Aquaman: Amber Heard teve papel reduzido após polêmica com Johnny Depp

Imagem de: Aquaman: Amber Heard teve papel reduzido após polêmica com Johnny Depp
Imagem: Divulgação

Aquaman 2: Reino Perdido está previsto para chegar aos cinemas somente em março do ano que vem, mas a produção já está no centro de algumas polêmicas envolvendo membros do elenco. Isso porque a atriz Amber Heard afirmou no tribunal — em que é alvo de um processo movido por seu ex-marido Johnny Depp — que seu papel no filme da DC foi "bastante reduzido" devido à repercussão negativa das últimas semanas.

Heard explicou que a Warner Bros. tentou, na verdade, retirar completamente sua participação no filme. Ela afirma que precisou 'lutar muito' para manter seu papel. Após ser questionada se ela conseguiu filmar cenas como Mera [sua personagem] para o filme, ela respondeu: "Uma versão muito reduzida do papel, mas sim", disse.

A advogada questionou quanto do roteiro foi alterado devido às polêmicas e a atriz contou que todas as suas cenas de ação foram retiradas. "Recebi um roteiro e depois me deram novas versões em que tiraram cenas de ação que mostravam minha personagem lutando com outro personagem, sem dar spoilers. Eles basicamente tiraram muito do meu papel. Eles apenas removeram um monte", afirmou.

Entenda o caso

O ex-casal começou uma batalha judicial milionária após Heard entrar com um processo de restrição contra Johnny Depp, alegando que passou por violência doméstica, em 2016. Após perder o processo, o interprete de Jack Sparrow começou uma nova batalha judicial de US$ 50 milhões contra Heard.

Isso porque a atriz publicou um artigo no jornal Washington Post chamado “Eu me manifestei contra a violência sexual — e enfrentei a ira de nossa cultura". No texto, ela não cita o nome de Depp.