Por que Os Simpsons continuam fazendo sucesso após 33 temporadas?

Imagem de: Por que Os Simpsons continuam fazendo sucesso após 33 temporadas?
Imagem: IMDb

O dia 17 de dezembro é uma data especial para as séries animadas. Foi neste dia, em 1989, que o primeiro episódio de Os Simpsons foi ao ar pela Fox. A série, criada por Matt Groening, se tornou um fenômeno imediato e mudou para sempre a maneira como o público se relacionava com animações.

Nestas mais de três décadas, ela já recebeu mais de uma centena de prêmios, contou com mais de 200 animadores, 30 roteiristas e soma mais de 700 episódios, sendo a série roteirizada mais antiga da TV.

Isso fez com que Os Simpsons fosse considerado mais popular que a família real em uma votação feita no Reino Unido e eleito o melhor programa de TV do século 20 pela revista Time.

E como uma mesma série animada consegue se manter tão popular por tantos anos, sobrevivendo à renovação do público? Nós apresentamos abaixo alguns dos motivos que ajudam a entender este fenômeno.

Conexão com os personagens

Personagens para todos os gostos.Personagens para todos os gostos.Fonte:  IMDb 

Uma família de quatro pessoas com um pai maluco, uma mãe multitarefas, um filho rebelde, uma filha nerd e uma bebê carismática, todos realmente especiais. Parte fundamental do sucesso de Os Simpsons vem deste núcleo familiar.

Além disso, todos os demais moradores de Springfield são capazes de criar algum tipo de vínculo com o público. E isso acontece devido a uma característica muito própria da série: personagens estereotipados.

O diretor da escola, a professora, o vizinho, as cunhadas, o avô, o policial, o jornalista, o chefe, a família do melhor amigo. São tantos personagens com personalidades bem definidas que, ao final dos episódios, é praticamente impossível não se conectar de alguma maneira com eles.

Os convidados especiais

Lisa, Paul McCartney e Linda McCartney.Lisa, Paul McCartney e Linda McCartney.Fonte:  IMDb 

Paul McCartney, Ringo Starr, Ramones, Britney Spears, Stephen King, Neil Gaiman, Beyoncé, Gal Gadot, Pelé… A lista de celebridades que já apareceram na série é gigantesca.

Assim, é praticamente impossível que você não conheça alguns destes convidados. Levar celebridades para os episódios ajuda a criar um vínculo com o público, que passa a ver a série como algo maior que apenas uma animação.

Além disso, os episódios se tornam mais divertidos e dinâmicos, pois os fãs podem imaginar como é uma pessoa famosa convivendo com pessoas comuns.

Episódios especiais

'A Casa da Árvore dos Horrores', com referências a 'Stranger Things'.'A Casa da Árvore dos Horrores', com referências a 'Stranger Things'.Fonte:  IMDb 

Essa é uma regra de ouro das séries de TV e que Os Simpsons sempre tiveram. Episódios temáticos e episódios duplos ajudam a quebrar a rotina da série. Embora a maioria deles tenha um tema, conseguir levar a série para uma realidade um pouco diferente ajuda a mantê-la sempre renovada.

Um ótimo exemplo disso são os especiais de Halloween. Com o título de Casa da Árvore dos Horrores, este é o momento em que a equipe criativa aproveita para deixar de lado as histórias regulares e criar homenagens a filmes e séries de terror.

Outro exemplo que funcionou muito bem foi com os episódios de viagens. Em mais de três décadas, a família já viajou pelos cinco continentes, se aproximou um pouco mais de fãs de outros lugares e trouxe novos elementos para a série.

Bons roteiros

Homer batedor, eleito o melhor episódios da série pela Variety.Homer batedor, eleito o melhor episódios da série pela Variety.Fonte:  IMDb 

Para John Ortved, autor do livro Os Simpsons: uma história não censurada e não autorizada, o sucesso da série se deve aos roteiros. Embora isso possa parecer bastante óbvio hoje, quando a série começou era uma novidade.

No final da década de 1980, as animações não tinham as mesmas preocupações que os live-actions estavam começando a apresentar na TV. Os roteiros eram simples e contavam uma história muito centrada em um ou em poucos personagens.

Os Simpsons elevou isso, mostrou que era possível fazer uma animação mais complexa, que aborda temas sensíveis, mas sem perder o humor.

Depois de mais de três décadas, Os Simpsons conseguiu se manter relevante e trazer episódios divertidos a cada nova temporada. Você acompanha a série? Qual o seu episódio favorito? Conte para a gente nos comentários!