Midnight Mass: série estreia na Netflix com história autoral de Flanagan

Imagem de: Midnight Mass: série estreia na Netflix com história autoral de Flanagan
Imagem: Fonte: Reprodução Internet.

Midnight Mass (Missa da Meia-Noite, em português), a próxima série de terror sobrenatural da Netflix, criada e dirigida por Mike Flanagan, é o projeto mais pessoal do diretor até o momento, segundo o próprio. A série estreou hoje (24) e envolve muito suspense.

Flanagan é responsável por sucessos do cinema de horror recente como Hush: A Morte Ouve e Doutor Sono, além de ter emplacado duas séries do gênero na plataforma de streaming: A Maldição da Residência Hill e A Maldição da Mansão Bly. Agora, Midnight Mass tenta cativar esse público com um enredo bem misterioso.

Enquanto as séries anteriores de Flanagan são adaptações de romances de Shirley Jackson e Henry James, e alguns de seus filmes são baseados na obra de Stephen King, Midnight Mass faz parte do trabalho autoral de Flanagan.

Antes da estreia, o próprio autor enviou uma carta bastante pessoal para os críticos especializados, na qual revela que está há três anos sóbrio e que o projeto permitiu a ele enfrentar seus próprios fantasmas e demônios. Segundo o autor, embora tenha colocado muito de si nas duas séries anteriores, essa é a história que ele sempre quis contar.

O autor e diretor Mike Flanagan.O autor e diretor Mike Flanagan.Fonte:  AP Images/Reprodução. 

Durante a produção, Flanagan pôde revisitar textos antigos e entender quem se tornou. No processo, encontrou cenas sobre ateísmo com as quais não concorda mais e sobre alcoolismo, às quais hoje consegue colocar o contraponto da recuperação. "Conversar comigo mesmo nos últimos 11 anos, é isso que a torna [a história] tão pessoal para mim. Não sei se algum dia terei a sorte de ter essa experiência novamente com outro trabalho", disse o autor.

Em uma entrevista à Entertainment Weekly, Flanagan mencionou que não poderia ter escrito a história antes de ficar sóbrio. "Eu poderia escrever sobre alcoolismo, mas não poderia escrever sobre sobriedade, não de forma inteligente. É de longe a coisa mais pessoal em que já tive a sorte de trabalhar", afirmou.

Veja trailer de Midnight Mass:

O aspecto autoral da obra de Flanagan é parte do motivo de tanto sucesso. O talento para contar histórias acompanha seu cuidado na direção, que cria episódios memoráveis como o sexto capítulo de A Maldição da Residência Hill, que exibe impressionantes 17 minutos em plano sequência — sem cortes. Para os fãs do diretor, Midnight Mass traz alguns easter eggs, como o nome da série, que é o mesmo do livro escrito por Maddie (Kate Siegel) em Hush: A Morte Ouve.

Anote: Midnight Mass estreia na Netflix hoje, 24 de setembro.