La Casa de Papel: 10 melhores frases de Tóquio na série

Imagem de: La Casa de Papel: 10 melhores frases de Tóquio na série
Imagem: Netflix/Reprodução

ATENÇÃO: POSSÍVEIS SPOILERS À FRENTE!

Tóquio é uma personagem que causa grande discussão entre os fãs de La Casa de Papel. Interpretada por Úrsula Corberó na série da Netflix, a representante da capital japonesa é extremamente dúbia, seja por conta dos problemas que causa para o coletivo ou por sua imprevisibilidade.

Dessa maneira, elaboramos uma lista com algumas de suas frases mais célebres, tendo em vista que estamos ansiosos pela parte 2 da 5ª temporada de La Casa de Papel e a parte 1 já está disponível para ser assistida no streaming.

Confira!

10. “O que é mais humano do que a luta pela sobrevivência?

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Tóquio não consegue confiar em ninguém por conta do seu passado cheio de dúvidas, incertezas e inseguranças. Sua impaciência sempre esteve em primeiro lugar durante suas ações, algo que a transformou em alguém bastante egoísta e difícil de se lidar. Por todos esses motivos, quando questionada sobre o propósito de sua vida, ela reflete sobre sua própria sobrevivência.

9. “O amor é capaz de fazer tudo desmoronar”

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Em um episódio da 3ª temporada, os espectadores conhecem um pouco mais sobre as questões emocionais de Tóquio, justamente porque ela poderia ter se tornado mais racional se soubesse equilibrar seus sentimentos.

A personagem se envolveu com Rio (Miguel Herrán) em determinado ponto da narrativa e seu romance se transformou em algo caótico. Mas para ela, tudo valia a pena em nome do amor.

8. “Quanto mais fo** as coisas estão, mais felizes os dias podem se tornar”

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Apesar de estar presa no Banco da Espanha durante uma boa parte da 4ª temporada, em um determinado episódio, Tóquio se lembrou de momentos felizes em sua vida. De alguma maneira, a situação da gangue vai melhorando conforme o tempo passa. Nesse sentido, a personagem se mantém otimista diante de todas as adversidades, afinal, os dias podem ser felizes se as coisas forem se resolvendo.

7. “Tudo pode mudar em questão de segundos”

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Com a mentalidade de que sua sobrevivência é mais importante que tudo, a situação de Tóquio realmente esteve bastante complicada no início da 4ª temporada de La Casa de Papel.

De um jeito ou de outro, Tóquio pensou que sua vida poderia mudar positivamente ou negativamente em questão de segundos, se fosse o caso. A coragem da personagem, sem dúvidas, é uma das questões mais interessantes em todas as suas nuances narrativas.

6. “A felicidade é como um raio. Pisque e você a perderá”

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Depois de uma conversa calorosa com Rio, que havia acabado de retornar à gangue, Tóquio se vê completamente apaixonada por um homem que não quer mais estar ao seu lado. Essa reflexão importante trouxe a ela alguns elementos necessários para que conseguisse trabalhar seu amadurecimento, mesmo que a felicidade parecesse distante naquele momento.

5. “Mesmo quando se atinge o fundo do poço, ainda há um caminho a ser percorrido”

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Mais uma vez o otimismo, a perseverança e a coragem de Tóquio aparecem para mostrar como a personagem se destaca. Essa frase, ao que tudo indica, evidencia como ela se sentia em relação a Ángel Rubio (Fernando Soto) e Lisboa (Itziar Ituño) durante a 1ª temporada, tendo em vista que, naquele momento, havia muitos conflitos entre todos eles.

4. “A esperança é como um dominó. Quando um cai, o resto segue”

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Em meio a tantos confrontos intensos no final da 1ª temporada da série, Tóquio pensou sobre tudo o que estava acontecendo, levando em consideração o plano bem-sucedido do Professor (Álvaro Morte), além da conexão de Estocolmo (Esther Acebo) e Denver (Jaime Lorente). Mesmo que não existisse esperança no mundo do crime, tudo parecia dar certo para o grupo.

3. “Descobrir momentos incríveis do passado, mesmo que não percebesse na época, era como descobrir a felicidade”

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Sempre que surgia nos episódios de La Casa de Papel, Tóquio dava um jeito de mostrar seu jeito emocional de lidar com as coisas. Apesar de não se sentir nostálgica sobre as histórias de amor de outras pessoas que foram contadas durante a 4ª temporada, ela, sinceramente, acreditava que a felicidade estava nesses pequenos detalhes.

2. “Muitas pessoas acreditam que só encontramos um amor verdadeiro em nossas vidas. Mas o que elas não percebem é que podemos ter várias vidas”

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

De um modo bastante poético, a personagem teve grande destaque durante a última temporada, com diversos fragmentos de seu passado sendo expostos. Apesar dos traumas, Tóquio conseguiu sobreviver. Dessa forma, os novos períodos que surgiram foram batizados como novas vidas para a personagem, na qual ela poderia viver um novo amor.

1. “Algo termina hoje, pois é o primeiro dia da sua próxima vida”

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

O último episódio da primeira parte da 5ª temporada da série pode servir como um divisor de águas para a personagem, sobretudo por conta das questões que são postas na tela. Tudo o que acontece ajuda na compreensão da evolução da personagem, que sempre acreditou no amanhã. A expectativa agora é saber o que vai acontecer a partir disso.