Genera+ion: série do HBO Max é cancelada após 1ª temporada

Imagem de: Genera+ion: série do HBO Max é cancelada após 1ª temporada
Imagem: HBO Max/Reprodução

Recentemente, o HBO Max anunciou que a série Genera+ion foi cancelada após a exibição de sua 1ª temporada, que foi concluída em maio deste ano. O drama adolescente consistiu em 16 episódios focados, principalmente, em questões gerais sobre amadurecimento e aceitação.

Composta por múltiplos protagonistas, os roteiros foram desenvolvidos por Zelda Barnz & Daniel Barnz, com supervisão de Lena Dunham, de Girls. Por meio de uma nota oficial divulgada à imprensa, a plataforma de streaming destacou o belíssimo trabalho dos realizadores durante a criação da série.

“Estamos muito orgulhosos de ter fechado essa parceria com Zelda e Daniel Barnz para representar, de forma fiel e autêntica, a juventude LGBTQI+ com um grupo tão diverso de personagens e histórias cheias de camadas”, escreveram os executivos do HBO Max. “Agradecemos a eles e também ao elenco extremamente talentoso por seu trabalho árduo e colaboração nesse período”, concluíram.

No time de atuação de Genera+ion, estiveram presentes Nathanya Alexander, Chloe East, Nava Mau, Lukita Maxwell, Haley Sanchez, Uly Schlesinger, Nathan Stewart-Jarrett e Chase Sui Wonders, além de Justice Smith como o carismático Chester e também Martha Plimpton como Megan, uma mãe extremamente conservadora que precisava lidar com a descoberta de um filho bissexual.

(HBO Max/Reprodução)(HBO Max/Reprodução)Fonte:  HBO Max 

Genera+ion: saiba mais sobre a série adolescente cancelada pelo HBO Max

De acordo com a descrição oficial da série, o projeto teve como principal objetivo a abordagem de diversos aspectos presentes na comunidade LGBTQI+. Os personagens, que, de certa maneira, se uniam por suas diferenças e também semelhanças, descobriram juntos um universo de possibilidades para lidar com a aceitação.

Temas polêmicos também surgiram na narrativa, como um aluno que se apaixona por seu professor, a gravidez na adolescência e também os tabus do sexo. Dessa maneira, os episódios exploraram de forma contundente muitas nuances interessantes da adolescência, focando em criações distintas e perspectivas inovadoras.

Com um final aberto, a expectativa dos fãs era que a renovação fosse certa no streaming. Infelizmente, isso não aconteceu.

Fontes