Good Witch: último episódio da série tem 1º beijo LGBTQIA+ da emissora

Imagem de: Good Witch: último episódio da série tem 1º beijo LGBTQIA+ da emissora
Imagem: Fonte: Hallmark/Reprodução.

A comunidade LGBTQIA+ sabe o quanto representatividade importa na luta contra o preconceito, por isso, a presença de relacionamentos além dos heteronormativos é tão celebrada quando representada em canais de TV aberta. Aqui, no Brasil, a Globo trouxe o primeiro beijo lésbico em 2014, protagonizado por Giovanna Antonelli e Tainá Müller, na trama da novela Em Família. Agora foi a vez da emissora canadense Hallmark, no episódio final de Good Witchexibido no dia 25 de julho.

Cena do beijo entre Joy e Zoey durante o último episódio da série.Cena do beijo entre Joy e Zoey durante o último episódio da série.Fonte:  Hallmark/Reprodução 

Durante o series finale, Joy (Kat Barrell, de Wynonna Earp) e Zoey (Kyana Teresa, de Shadowhunters) compartilharam o primeiro beijo entre um casal LGBTQIA+ em uma série original do canal Hallmark. O ship das duas #TeamJoey, foi muito celebrado noas redes sociais.

Confira algumas reações ao beijo em Good Witch:

“Se você não está fazendo história, não está fazendo certo”, compartilhou Teresa, que interpreta Zoey, no Instagram. “Obrigado a todos que ajudaram esta história a se tornar uma realidade e a todos que se empenharam por ela até o fim e além. Significa mais para mim do que você jamais saberá”, disse a atriz.

Hallmark e polêmicas

O beijo do mesmo sexo em Good Witch marca um grande passo para a Crown Media Family Networks, empresa mãe do Hallmark Channel, que em dezembro de 2019 cedeu à pressão de grupos conservadores e retirou do ar comerciais que apresentavam um beijo entre duas noivas.

Após uma tempestade de controvérsias, a ira de veteranas das obras de cinema do Hallmark Hilarie Burton e Bridget Regan, junto com outras celebridades como Ellen DeGeneres, a Crown Media voltou a exibir os anúncios.

No momento da reversão da decisão, o presidente e CEO da Hallmark Cards, Mike Perry, classificou a escolha inicial de remover os anúncios como "a decisão errada", acrescentando: "sentimos muito pela dor e decepção que isso causou". Logo depois, o CEO da Crown Media Family Networks, Bill Abbott, deixou a empresa.

No Brasil, as primeiras 5 temporadas de Good Witch estão disponíveis na Netflix.

Fontes