Lucifer: tudo sobre a parte 2 da 5ª temporada da série (spoilers)

Imagem de: Lucifer: tudo sobre a parte 2 da 5ª temporada da série (spoilers)
Imagem: Netflix/Divulgação

ATENÇÃO: SPOILERS À FRENTE!

A 2ª parte da 5ª temporada de Lucifer estreou na Netflix nesta sexta-feira (28) e trouxe o tão aguardado desenrolar da história após a chegada de Deus na trama. Além disso, os novos episódios incluíram também o capítulo musical da série, muito pedido e aguardado pelos fãs. Nos preparativos para a 6ª e última temporada, o seriado mostrou que ainda tem muita história para contar.

Confira o recap completo a seguir!

Lucifer: como foi a parte 2 da 5ª temporada da série?

A temporada começa logo ao final do último episódio da primeira parte, quando Amenadiel, Michael e Lucifer estavam brigando entre si e seu pai, o próprio Deus, aparece. Isso trouxe uma dinâmica completamente diferente para a série, colocando o drama familiar em foco. Afinal, até mesmo uma família de anjos e divindades têm os seus problemas, não é mesmo?

Porém, antes de passarmos por toda essa briga entre irmãos e a perda chocante de um dos nossos personagens favoritos, vamos falar sobre o aguardado episódio musical. Este foi um episódio muito divertido, com performances memoráveis e uma dinâmica interessante, com o próprio Deus escolhendo quais seriam as canções retratadas.

Embora possa parecer que o episódio não se conecta com a trama da 5ª temporada de Lucifer, não há dúvidas de que foi um ótimo capítulo.

De volta ao drama! (E recomendamos que você deixe a caixinha de lenços preparada e não continue lendo se não quiser saber quem morre nos próximos episódios).

(Fonte: Netflix/Divulgação)(Fonte: Netflix/Divulgação)Fonte:  Netflix 

Deus quer sua família próxima mais uma vez, mas já existe muita bagagem ali para que todos consigam encontrar um equilíbrio. Porém, existe ainda uma questão que deve ser tratada: Deus quer se aposentar e, por isso, seus filhos devem decidir entre si quem será o seu sucessor.

No fim das contas, a escolha fica entre Michael e Lucifer. E, como nada na série da Netflix é simples, ele ainda precisa ajudar Chloe e Dan com um homicídio. Enquanto Dan segue uma pista, ele é sequestrado e torturado por criminosos que querem descobrir o paradeiro de um ladrão com força sobre-humana. Ao tentar fugir, Dan é baleado e encontrado por Chloe.

Antes de morrer, ele consegue dar uma pista para Chloe sobre onde está o colar de Amenadiel. Com isso, a detetiva descobre que Michael foi o responsável pelo assassinato de Dan como uma forma de forçar Lucifer a voltar para o Inferno e ele poder assumir o papel de Deus.

A morte do colega foi a faísca para Lucifer declarar uma guerra contra seu irmão. O problema é que, durante a luta, Michael mata Chloe. Ela vai para o Céu e, como Lucifer foi banido, ele não poderia vê-la mais uma vez.

(Fonte: Netflix/Divulgação)(Fonte: Netflix/Divulgação)Fonte:  Netflix 

Perder Chloe e Dan foi um choque para o diabo e ele não se preocupa mais consigo mesmo, então decide ir para o Céu de qualquer forma. Graças ao anel de Lilith, ele sobrevive independentemente do banimento, e consegue encontrar Chloe para mandá-la de volta à Terra. Ele dá seu anel para a detetive e morre depois de revelar seu amor por ela.

Na Terra, Chloe ataca Michael e está pronta para matá-lo quando Lucifer reaparece (sim, é difícil acompanhar todas as mortes e ressurreições!). Ter sobrevivido é um indício de sua força, já que isto deveria ser impossível, e todos os anjos ficam surpresos com isso, decidindo se curvar para ele. Lucifer corta as asas de Michael em um desfecho impactante. Agora, o diabo se tornou Deus.

E aí, o que você achou do final da 5ª temporada de Lucifer? Deixe seu comentário abaixo!

Lucifer: tudo sobre a parte 2 da 5ª temporada da série (spoilers)