9-1-1: Lone Star - produtor comenta reviravoltas do final da 2ª temporada

Imagem de: 9-1-1: Lone Star - produtor comenta reviravoltas do final da 2ª temporada
Imagem: Fox/Reprodução

ATENÇÃO, SPOILERS À FRENTE!

O final da 2ª temporada de 9-1-1: Lone Star surpreendeu o público positivamente com grandes reviravoltas. Com um conflito intenso e bastante dramático, os roteiristas apresentaram uma violenta tempestade de areia atingindo Austin.

Dessa forma, o futuro do esquadrão de bombeiros é bastante incerto, tendo em vista o que as cenas finais deixaram para serem respondidas posteriormente. Para comentar essas questões, Tim Minear, showrunner e produtor executivo da série, deu alguns detalhes sobre a narrativa.

Para quem acompanhou o episódio 2x14 de 9-1-1: Lone Star, percebeu que Tommy (Gina Torres) estava tomando uma decisão em prol de suas filhas. Contudo, elas mesmas incentivaram sua mãe a não abandonar sua carreira na corporação. Quando retornou ao trabalho, no entanto, havia um grande desafio pela frente.

“Para mim, essa é a história. Tommy é uma jovem viúva com duas filhas pequenas. Todo o seu futuro não é o que ela pensava que seria. Ela precisa fazer algumas escolhas”, comentou Minear.

Com a tempestade de areia, os bombeiros precisaram se espalhar em equipes em vários pontos da cidade. Para a 3ª temporada da série, Tim Minear argumentou que há muitas incertezas sobre a permanência de alguns personagens. “E não se deve confiar em Billy [Billy Burke]”, ressaltou.

Final da 2ª temporada de 9-1-1: Lone Star provoca espectadores

O grande destaque do episódio final, no entanto, foi Mateo (Julian Works), que provou o quanto cresceu salvando inúmeras vidas sozinho. E mesmo que Owen (Rob Lowe) não seja mais seu capitão, Tim Minear prometeu que ainda há muito para aprender sobre Mateo.

“Julian Works vai surpreender as pessoas. Para mim, ele é como Jack Nicholson”, brincou, acrescentando que a grande fumaça vista ao longo da narrativa foi uma ideia muito boa vinda de Bradley Buecker. “Ele dirigiu grandes episódios em nossa série, é muito competente e sabe como surpreender”, enfatizou.

(Fox/Reprodução)(Fox/Reprodução)Fonte:  Fox 

Segundo o produtor, o cronograma de filmagens foi bastante intenso. “Terminamos de filmar as cenas do elevador na terça-feira [18 de maio] e concluímos o episódio na sexta-feira [21 de maio]”, explicou ele, quase incrédulo com o sucesso.

“Mas foi tudo muito simples e temos uma equipe incrível”, lembrou. “E terminamos a mixagem [de som] ontem de manhã. Não achei que conseguiríamos, porém, conseguimos!”, concluiu.

O que você achou do desfecho da  2ª temporada de 9-1-1: Lone Star?

Fontes