O Legado de Júpiter: 10 diferenças entre a série e os quadrinhos

Imagem de: O Legado de Júpiter: 10 diferenças entre a série e os quadrinhos
Imagem: Netflix/Reprodução

ATENÇÃO, SPOILERS À FRENTE!

A série O Legado de Júpiter (Jupiter’s Legacy, no original), da Netflix, estreou na semana passada e conquistou o público com seus personagens extremamente interessantes, figurando no top 10 da plataforma desde então.

Muitos não sabem, mas a produção é baseada nos quadrinhos originais escritos por Mark Millar e ilustrados por Frank Quitely. Mas será que a série representou bem as histórias ilustradas?

Confira uma lista com algumas diferenças que a adaptação fez com relação ao seu material literário!

10. Blackstar

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Nos quadrinhos, Blackstar (interpretado na série por Tyler Mane) era um vilão poderoso, mas logo era derrotado. Embora na produção da Netflix ele esteja na prisão, há um clone à solta, causando caos e tendo um embate direto com Brandon (Andrew Horton).

9. Skyfox e Walter

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Skyfox (Matt Lanter) atacou o Sindicato nos quadrinhos e foi punido. Mas, posteriormente, escapou da detenção e planejou derrubar a União já renovada. Na série, tudo isso acontece de uma forma mais sutil, pois apesar de Walter (Ben Daniels) ainda odiar Skyfox, o triângulo amistoso da trama original não existe.

8. As Grandes Mortes

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Na história original, Walter tenta convencer Brandon e todos os jovens a ficarem ao seu lado e matar Sheldon e Grace (Leslie Bibb), sem nenhum pudor. Mas ao longo dos episódios, o público percebe que isso não acontece com tanto sucesso para Walter, já que quando o golpe está sendo arquitetado, há alguns empecilhos que o impedem de concretizar suas ações.

7. Carreira heroica de Brandon

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Brandon aparecia quase sempre muito bêbado e inconsequente nos quadrinhos, o que não o permitia ser um herói. Posteriormente, se aliou a Walter, pois conseguiria matar seu pai com seus poderes.

No streaming, os espectadores assistiram a um Brandon aspirante a herói, embora esteja furioso com algumas ações de Sheldon. A produção consegue criar, portanto, uma nova razão para Brandon odiar seu pai, algo bastante interessante.

6. A grande mudança de Chloe

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Embora na história original Chloe (Elena Kampouris) e Hutch (Ian Quinlan) tenham fugido juntos e criado um filho com poderes, na série da Netflix isso não acontece, pois os dois ainda estão nos estágios iniciais de seu namoro. Contudo, pode ser que o motivo que os leva a fugir ocorra nas próximas temporadas e esse arco seja apresentado.

5. A Busca de Hutch

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Nos quadrinhos, Hutch tem a ajuda de seu filho em uma missão extremamente importante que envolve, inclusive, seu pai, Skyfox, e a oposição aos planos de Chloe. No entanto, esse filho ainda não existe na série e, consequentemente, essa missão não foi apresentada ao público da forma como ocorre no material original.

4. Os Caçadores

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Raikou (Anna Akana), a filha assassina de Walter, foi usada por ele e Brandon para executar um plano um tanto quanto complexo ao lado de Barnabas (Paul Amos). Contudo, no seriado, o público assiste Barnabas usando seus poderes para a autópsia de Blackstar, enquanto os serviços de Raikou ajudam seu pai a entrar na mente do vilão.

3. Ponto de ruptura de Sheldon

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Nos quadrinhos, Sheldon morre nas mãos de Walter e Brandon, aderindo ao Código e pensando que eles estavam errados. Mas a série adiciona algumas camadas mais profundas ao personagem, com ele percebendo que alienou uma nova geração de heróis. E a 1ª temporada termina com Sheldon implorando a Walter para ajudá-lo a manter sua família unida.

2. Os Escândalos

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Fitz (Michael Wade) viveu um escândalo e todos ficam sabendo que ele havia deixado sua esposa por uma mulher mais jovem. Mesmo que ela tenha limpado sua imagem na história original, na produção da Netflix, ele se aposenta e entrega seu legado à Petra (Tenika Davis), sua filha. Além disso, há outros escândalos que envolvem outros personagens.

1. Visões do Futuro

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Para fechar a lista, há as tramas de origem, que são exploradas de modos diferentes nas duas mídias. Na história original, Sheldon teve visões invisíveis e, em seguida, trouxe pessoas para a Ilha, na qual extraterrestres entregaram seus poderes. Grace fazia parte de sua equipe e era uma mulher de negócios, que aos poucos foi se envolvendo com ele.

Enquanto isso, na série da Netflix, tudo é sobre o pai de Sheldon, que o enviou algumas visões. Dessa vez, não há extraterrestres na Ilha, apenas algumas evidências estranhas, soldados mortos e luzes etéreas que formam os seus poderes. E Grace é uma jornalista, que conhece Sheldon em um outro contexto.

Fontes

O Legado de Júpiter: 10 diferenças entre a série e os quadrinhos