The Good Doctor 4x15: Lea teme que não será uma boa mãe

Imagem de: The Good Doctor 4x15: Lea teme que não será uma boa mãe
Imagem: ABC/Divulgação

ATENÇÃO: SPOILERS À FRENTE!

A 4ª temporada de The Good Doctor trouxe um novo episódio marcado por uma discussão na sala de espera que pode até parecer superficial, mas foi muito importante para Lea acalmar os seus medos de que não será uma boa mãe.

Enquanto ela tenta lidar com duas mães desesperadas, Claire e Asher debatem seus próprios posicionamentos políticos.

Confira o recap completo a seguir!

Mais detalhes do episódio 4x15 de The Good Doctor

A maior parte deste novo episódio da série médica acompanhou Lea na sala de espera do hospital. Ela estava com duas mães que brigavam entre si o tempo todo. Pode até parecer que esse foi o drama do capítulo, mas a verdade é que nunca descobrimos exatamente sobre o que elas estavam brigando e qual delas estava certa.

No fim, as duas personagens serviram para mostrar como deveríamos ajudar uns aos outros em tempos difíceis. As duas estavam assustadas e poderiam ser um consolo muito grande para a outra.

No fim, uma das mães, Tarrin, descobriu que poderia doar sangue para o filho da outra, Karina, para que ele pudesse sobreviver. Mesmo com as suas diferenças, ela nunca negaria algo tão simples que poderia salvar a vida de um filho. Então, sem hesitar, ela decide doar o sangue, mesmo que não pudesse fazer nada para salvar o seu próprio filho.

(Fonte: ABC/Divulgação)(Fonte: ABC/Divulgação)Fonte:  ABC 

Enquanto isso, Claire e Asher estão no meio de um debate político. Asher se sentiu desrespeitado por Claire e deixou bem claro que encara o voto como um compromisso que você deve manter e respeitar. Ainda assim, Claire acredita que o compromisso de Asher consiste na votação em um candidato que coloca em risco as vidas negras.

Por último, Shaun ainda está lidando com suas emoções agora que aceitou a paternidade. A forma como Lea lidou com as duas mães brigando na sala de espera ajudou a tranquilizar o seu medo de que não seria uma boa mãe. Para Shaun, as dúvidas chegam quando ele precisa lidar com uma criança como paciente e percebe que o caso é diferente desta vez.

Glassman explica que, ao decidir ser pai, Shaun aceitou uma grande responsabilidade e ele nunca mais verá as crianças da mesma forma. Para ele, faz parte de ser um bom pai cuidar de seu filho a qualquer custo e reconhecer a importância que as crianças têm na vida dos pais.

E aí, o que você achou deste episódio de The Good Doctor? Deixe seu comentário abaixo!

The Good Doctor 4x15: Lea teme que não será uma boa mãe